domingo, janeiro 25, 2009

Madre Tereza

Uma vida devotada aos pobres, aos doentes e aos esquecidos. Conhecida como "a santa dos pobres mais pobres", Inês Gonxha Bojaxhiu nasceu em Skopja, capital da atual república da Macedônia. Aos 21 anos, mudando seu nome para Teresa, ingressou em um convento de Calcutá. Onze anos mais tarde, deixaria o convento e começaria a trabalhar nos bairros mais pobres da cidade, vindo a fundar em 1946 a Congregação das Missionárias da Caridade. Seu trabalho em favor dos mais necessitados rendeu a Madre Tereza o Prêmio Nobel da Paz e o reconhecimento de seu trabalho no mundo. Neste sensível e humano filme, o diretor Fabrizio Costa mostra a dedicação, a luta e a intolerância sofrida pela missionária.

(Interfilmes)

4 comentários:

Amor Infinito disse...

Realmente é um lindo filme, sou apaixonado pelo exemplo que esta simples mulhar fez doando sua vida e seu trabalho aos maus carentes, assista e veja o valor das pequenas coisas e do amor colocado a serviço do próximo. Agnaldo Bueno

Karine disse...

só para retificar, no título do filme foi escrito com a letra "Z" e é com "S"
abraço a todos.

by vall disse...

A prova de que o amor move montanhas, graças a Deus!

Josy-chan disse...

Sou adventista, e fiquei simplesmente maravilhada com a grandeza dessa catolica. A vida da Madre Tereza é a prova que Deus não se limita a uma igreja ou instituição.