segunda-feira, julho 21, 2014

O Primeiro da Classe

Com emocionante atuação de Jimmy Wolk, o filme fala de um assunto seriíssimo, porém ainda negligenciado e desconhecido pela sociedade: a Síndrome de Tourette. A síndrome de Tourette ou síndrome de la Tourette, também referida como SGTou ST, é uma desordem neurológica ou neuroquímica caracterizada por tiques, reações rápidas, movimentos repentinos (espasmos) ou vocalizações que ocorrem repetidamente da mesma forma. Esses tiques motores e vocais mudam constantemente de intensidade e não existem duas pessoas no mundo que apresentem os mesmos sintomas. A maioria das pessoas afetadas é do sexo masculino. O filme mostra o preconceito que Brad Cohen (Jimmy Wolk) sofreu por toda a vida por fazer esses “barulhos estranhos”. As pessoas não entendiam, achavam que era uma brincadeira de mau gosto e o desprezavam e o castigavam por isso (inclusive o próprio pai o maltratava). Mas ele não se deixou abater e mostrou que era superior a qualquer tipo de preconceito, e então resolveu dar aulas para crianças, coisa que ele amava e sempre sonhou fazer. E se tornou o professor mais amado entre seus alunos.

É um exemplo de superação! Em recompensa a tanto esforço, encontra uma moça que enxerga através de sua síndrome e vê apenas suas qualidades, mostrando que o preconceito não leva a nada e o amor, quando é  verdadeiro, supera tudo. O filme é baseado em uma história verídica, e é cheio de surpresas, muito emocionante!

Isso nos serve de lição para aprendermos a superar nossos problemas (por maiores que sejam) e dar a volta por cima. E é bem instrutivo. Recomendo muito esse filme!

7 comentários:

janete clara disse...

já vi! amei o filme!!

Ana Paula Rodrigues disse...

Filme tocante. Vale a pena assistir

André Luiz Marques disse...

Excelente filme altamente recomendável. Assisti no acampamento de verão e foi um dos poucos filmes que me fez "chorar". Sou muito racional, mas esse filme mexeu com meus sentimentos, de fato. Me identifiquei um pouco, pois sou professor.

ednalva dantas disse...

eu tenho esse filme é mt bom msm

Jayne Santos disse...

é incrível como ele lida com a sua doença,não desiste e não se deixa abater por ela...que exemplo!!!

Unknown disse...

Maravilhosoooo! Um filme se superação é otimismo!chorei o filme todo...show de bola

Aline conceicao disse...

Maravilhosoooo! Um filme se superação é otimismo!chorei o filme todo...show de bola