terça-feira, setembro 09, 2008

De Porta em Porta

“De Porta em Porta” (“Door to Door”, 2002, 90 min) apresenta a história verídica de Bill Porter, um vendedor de porta em porta dos Estados Unidos. Seria uma história comum, com uma pitada de nostalgia para alguns, não fosse um detalhe: Bill tem paralisia cerebral. Mas isso não o impede de lutar pela sobrevivência, e mais: pela superação e reconhecimento. Quando pede uma chance de trabalhar para uma empresa, de início ele é rejeitado por suas limitações evidentes. Porter não se dá por satisfeito e insiste: pede que lhe seja dado o bairro mais difícil da cidade. Consegue o emprego e tenta vender seus produtos, sem muito sucesso, inicialmente. A mãe, sempre presente, o incentiva a não desistir, até que ele consegue vender algo para uma mulher solitária. Daí para frente, Porter não pára mais de vender. Mas não faz apenas isso. Ele acaba tocando a vida de toda aquela comunidade, interagindo com as pessoas dali por muitos anos. Torna-se mais que um vendedor; transforma-se num amigo.

A grande lição deixada pela mãe de Porter é: “persistência e paciência”. Ele aprendeu a lição e acabou se tornando um dos maiores vendedores de sua empresa. Para os vendedores de hoje, fica a lição: entender as necessidades dos clientes, ouvir de forma interessada, quebrar preconceitos, tornar-se “amigo”. Fica também a crítica aos modernos sistemas de vendas que tratam as pessoas como objetos de quem se deve arrancar dinheiro.

Não se pode deixar de destacar também a atuação de Kyra Sedgwick, Helen Mirren e Kathy Baker, que interpretam mulheres importantes na vida de Bill e cuja atuação (assim como a de William Macy) é excelente.

Um filme comovente e inspirador.

Michelson Borges

10 comentários:

´cassia de oliveira disse...

vi o filme com toda a família, é muito bom, sem ser religioso, mas mostra a força da honestidade e perseverança...

marcia disse...

Assisti ao filme.A perseverança,coragem e animo dele é muito perfeitamente representado.Nós todos deveríamos ter essa motivação de lutar,viver e vencer para a eternidade.

Acácia disse...

Vi e amei o filme é um otimo exemplo para os colportores de nossa igreja, se aprenderem com ele terão ganhado muito não apenas na aprendizagem "financeira" mais tambem na formação do carater.Otima recomendação

Acácia disse...

Vi e amei o filme é um otimo exemplo para os colportores de nossa igreja, se aprenderem com ele terão ganhado muito não apenas na aprendizagem "financeira" mais tambem na formação do carater.Otima recomendação

PRISCILA disse...

É realmente um bom filme, e nos da a certeza que pra Deus na é impossivel, muito menos imperfeito.

arthur disse...

é um otimo filme mesmo. Me encantei nao so com a historia de bill, bem como com todas as tramas paralelas que se entrelaçam com a principal, tornando o enredo comovente e que prende o espectador por completo.

Anônimo disse...

O filme foi legal, porém, não foi tudo isso que o pessoal comenta não. De mudar a vida; ficar encantado; o filme mostra que todos são capazes de superar os obstáculos que estejam em nossa frente. É só acreditar em nossa capacidade.

MANUELA OLIVEIRA disse...

ASSISTI AO FILME E SERVE COMO MOTIVAÇÃO PARA AS PESSOAS QUE ESTÃO COMEÇANDO A EMPREENDER.

Carlos Roberto de Sousa disse...

Todos os dias aprendemos com simples exemplos. Vi o filme e foi muito valido, porque gosto de vender. As oportunidades estão em toda parte. só precisamos acreditar que elas vão dar certo. e quando elas dão certo....você pode ficar milhonario. acredite e verás!

Anônimo disse...

Ha um momento no filme em que dois homens se beijam, enquanto o vendedor os observa do lado de fora da estufa... isso me fez desistir de indica-lo como um filme para familia... Abracos.